Uma proposta para analisar um poema

1. Análise da estrutura externa ou formal

1.1. Número de estrofes do poema.
1.2. Número de versos por estrofe e classificação.
1.3. Esquema rimático e tipo de rima.
1.4. Número de sílabas métricas.

Há que ter em conta a época em que se contextualiza o poema, pois poderá não respeitar estes itens de análise. Assim sendo, também é importante salientar a liberdade formal.

2. Análise da estrutura interna ou do conteúdo
2.1. Tema central do poema.
2.2. Assunto desenvolvido.
2.3. Como se distribui o assunto ao longo do poema, em partes, momentos e que relações se estabelecem entre elas.
2.4. Recursos morfológicos (substantivação, adjectivação, tempos verbais,...), sintácticos (tipos de frases,...) e semânticos (figuras de estilo), que se inscrevem no poema e de que modo contribuem para a expressividade e enfatização das ideias da mensagem exprimida pelo «sujeito poético».

Há que ter consciência que um poema é tão aberto e susceptível de tantas análises diferenciadas quantas as sensibilidades que o olham.

0 comentários: